Acróstico Paterno II (Tiago Nascimento)

manu

meu coração te aguarda
a imaginar-te tão linda
no afã das horas que passam
o teu sorriso me anima
e apesar de não vê-lo
lo presiento por El cielo azul.
así me queda certeza, será mono, muy rico, Manu.

Sobre Tiago Carpes do Nascimento

Brasileiro, casado, vinte e poucos anos, escritor por obrigação e prazer, professor, curioso, eclético em matéria de música, adora livros e filmes inteligentes (instigantes), cristão, conservador, gosta de política, já sonhou ser presidente do Brasil, presidiu comitê municipal de sigla política, mas a desilusão foi tanta que hoje se contenta apenas em contribuir para a melhoria da educação e para o crescimento vegetativo da população, tendo dado o seu contributo em duas ocasiões. Belíssimas ocasiões, diga-se de passagem!
Esse post foi publicado em Versos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Acróstico Paterno II (Tiago Nascimento)

  1. Inacio Carreira disse:

    Como bem disse o poeta,
    “filhos, filhos, melhor não tê-los mas, se não tê-los, como sabê-los?”
    E, em tendo-os e sabendo-os,cantá-los,
    contá-los ao mundo, apresentá-los ao mundo e presenteá-los com o mundo
    ideal que queremos.
    Felicidades a Manu, filha de um poeta (por obrigação e prazer) feliz…
    Abraços.

  2. Tiago disse:

    É isso Inacio!
    Abração.

  3. Parabéns pela filhota. Que ela lhe traga muita inspiração, além de alegrias para toda família.

O que tens a dizer sobre o post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s