Voar (Thiago Daniel)

Ela nunca entendeu por que as pessoas pagam duzentos reais para voar
de parapente. Sentia pavor só de imaginar-se em um.
Não temia as alturas, mas achava muito mais seguro voar com suas próprias asas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Prosa e marcado , , , . Guardar link permanente.

O que tens a dizer sobre o post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s