Notícias Bizarras (Sônia Pillon)

Todos os dias nos deparamos com fatos inusitados. Basta acessar qualquer site de notícias ou outros meios de comunicação que lá estão as notícias mais bizarras. Ontem mesmo, num desses links recheados de notas espantosas, dava para saber que na Inglaterra, um cão pastor alemão bateu o recorde de latido mais alto, com um volume de 108 decibéis!… 
Na Austrália, larvas de peixes de duas cabeças “apareceram” em um rio do estado de Queensland, uma aberração da natureza possivelmente resultante da contaminação por substâncias químicas. A deformação genética, deplorável, é um dos tantos reflexos da ação nefasta do ser humano sobre a natureza, mas parece que para muitos ainda é motivo de riso… 
No momento em que as nações mais poderosas do planeta se reúnem exaustivamente em busca de soluções eficazes, situações como essa devem servir de alerta. Chega de falácia! A hora de agir é agora, sem mais delongas, principalmente entre os países de primeiro mundo, os principais responsáveis pela degeneração do planeta e o consequente aquecimento global… Na década de 90 tínhamos prazos, mas os avanços até aqui se mostraram inexpressivos, e as mudanças de hábitos, tímidas…
Outra novidade “espantosa” é a de uma vaca, flagrada caída na piscina de um britânico, nos arredores de Londres. O animal não teria resistido à curiosidade e resolveu dar um mergulho para experimentar… Antes se dizia que a vaca ia para o brejo, agora temos que cuidar para não atraí-las às piscinas…
Mas o que mais me chamou a atenção foi a história do australiano de 62 anos, professor de história aposentado, que decidiu doar para um museu a sua pele tatuada quando partir dessa para melhor… No seu entender, as 62 tatuagens coloridas que tem espalhadas pelo corpo são uma verdadeira “obra de arte”. Alguém aí contesta?… Afinal, quem é que pode com as excentricidades humanas? Seriam tentativas desesperadas das pessoas em deixarem de viver “no piloto automático”, sem perspectivas e força de vontade suficiente para chutarem o balde e serem o instrumento de mudança das próprias vidas?!… Será que arregaçar as mangas e partir para a ação não seria mais proveitoso, nesses casos? Fica aí a reflexão…

Sônia Pillon é jornalista e escritora, nascida em Porto Alegre (RS) e desde 1996 radicada em Jaraguá do Sul (SC), Brasil.

Anúncios
Esse post foi publicado em Prosa e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Notícias Bizarras (Sônia Pillon)

  1. Tiago disse:

    Como diria o Zigmunt Baumann, estamos vivendo em tempos líquidos. A meu ver uma loucura total. Foste feliz na tua crônica e nas reflexões que ela propõe.
    Abs.

  2. Anônimo disse:

    Realmente, Tiago! O mundo está bizarro e nós, no meio desse turbilhão! Abraços

  3. Sônia Pillon disse:

    Realmente, Tiago, o mundo está bizarro e nós todos no meio disso tudo… Abraços

O que tens a dizer sobre o post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s