O Puxa-Saco (Marcelo Lamas)

Há tempo estou por publicar minha opinião sobre o comportamento do Puxa-Saco (PS). O risco é enorme, pois o PS tem uma grande virtude: a competência estraté­gica. Em todo batizado, casamento, show, encerramento, chá beneficente, jantar e velório, lá está ele ao lado da mesma pessoa.

Para identificar um PS, basta observar qualquer evento social. Ele estará próximo de alguém que tenha poder, status ou influência. O puxa-saquismo lateral, no mesmo nível, não existe.

O gaúcho Mario Quintana alertava: “sempre me senti isolado nessas reuniões sociais, o excesso de gente impede de ver as pessoas”.

Não se devem confundir as técnicas de um PS com a sintonia humana. Ela acontece quando duas pessoas se conhecem e percebem alguma afinidade, naturalmente. O PS cria a situação, premedita. É possível que odeie pei­xes, mas ao descobrir a afinidade do “alvo” com pescaria, compra equipamentos, estuda os tipos marinhos, consul­ta os entendidos e parte para o ataque.

O PS, quando vê a aproximação do seu alvo muda o tom da voz, interrompe uma conversa já iniciada e pode, até mesmo, sair de uma fisionomia fechada para um sor­riso aberto.

O alvo do PS, com o passar do tempo, percebe a necessidade química do dependente e passa a usufruir da espontaneidade, disponibilidade e voluntariedade. Daí se aplica o pensamento de Nélson Sargento: “Você finge que me ama e eu finjo que acredito”.

Até pensei em lançar o livro “100 maneiras de iden­tificar um Puxa-Saco”, mas lembrei que talvez fosse ne­cessário ter que puxar o saco de algum editor, para con­vencê-lo a acreditar no projeto. Então, peguei o rascunho e escondi no fundo do cofre que fica num lugar secreto. A chave reserva do cofre está com um amigo oculto. Se eu for sequestrado ou sumir do mapa, ele manda pra edi­tora.

Marcelo Lamas, autor de “Mulheres Casadas têm Cheiro de Pólvora”. marcelolamas@globo.com

Esse post foi publicado em Prosa e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Puxa-Saco (Marcelo Lamas)

  1. Max Jensen disse:

    Como já trabalhei em órgãos públicos, conhecí muitos espécimes de PS…
    A descrição das características do mesmo, está bem fiel.

O que tens a dizer sobre o post?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s